AEESAC – 20 x RC ELVAS – 20 @Coimbra

O RC Elvas classificou-se no passado sábado, dia 21 de abril, para a final do CN3.

A equipa elvense deslocou-se a Coimbra para disputar a 2ª mão das meias-finais da competição e empatou a 20. A 1.ª mão terminou com vitória elvense por 37-18.

A equipa elvense entrou bem no jogo e instalou-se no campo adversário durante os primeiros minutos, tendo, inclusive, desperdiçado várias penalidades que dariam vantagem à equipa.

No entanto, foi a equipa da casa que aproveitou uma penalidade e se adiantou no marcador 3-0.

O RCE reagiu, com 2 jogadas rápidas das linhas atrasadas, e obteve 2 ensaios de belo efeito, concretizados pelos pontas da equipa. Ao intervalo o resultado era de 3-14.

A 2.ª parte começou com a equipa da casa a pressionar muito, com uma boa atitude, mas também com muita agressividade, sempre permitida pelo árbitro. Assim, foram empurrando a equipa elvense para zonas defensivas e, neste período, obtiveram 2 ensaios, passando para a frente do marcador 17-14

Nesta fase, a equipa da casa apresentava um jogo excessivamente duro, com o beneplácito do árbitro, o que colocou várias vezes em perigo a integridade física dos atletas elvenses com constantes foras de jogo e faltas no jogo no chão.

Apesar destas adversidades, a equipa elvense defendeu com enorme “bravura” a vantagem trazida da 1.ª mão e, até final, uma penalidade para a equipa da casa e duas para o RCE colocaram o resultado final em 20-20.

O RC Elvas agradece o muito apoio sentido pela equipa não só em Coimbra, mas também nas redes sociais e que muito ajudou a fortalecer o grupo e a conquistar mais uma vitória nesta caminhada até à final do CN3.

RC ELVAS – 37 x AEESAC – 18 @Meias-finais do campeonato sénior CN3

O RC Elvas recebeu, este domingo, a Agrária de Coimbra (AEESAC) na 1.ª mão das meias-finais do CN3.

Com muito público nas bancadas a apoiar a equipa elvense, o RCE conseguiu uma importante vitória que dá, para já, alguma vantagem na eliminatória à equipa elvense.

Primeira parte com algum equilíbrio, como ilustra o resultado ao intervalo (10-8).

Entrou melhor a equipa visitante que, através do seu pack avançado e a favor do vento, se instalou nos 22 m elvenses durante largos minutos. Continuar a ler

CR Setubal – 0 x RC ELVAS – 122 @Séniores

A equipa sénior do RCE deslocou-se no, passado sábado, a Setúbal na ultima jornada da fase regular do CN3.

Jogo sem história onde a equipa elvense dominou de forma bastante clara e em que ao intervalo já vencia por 0-65.

A equipa elvense entrou na 2.ª parte mantendo o mesmo ritmo e o resultado foi-se avolumando até aos 0-122, resultado de 20 ensaios e 11 transformações.

O RC Elvas vai agora disputar as meias finais com a equipa da Agrária de Coimbra em duas mãos com o 1.º jogo a ser disputado em Elvas, no dia 14-04-2018, e a 2.ª mão na semana seguinte em Coimbra.

 

Formação: Sub/8/10/12

No sábado, as equipas de formação de sub8, sub10 e sub 10 participaram no 3.º Torneio Internacional do GD Direito.

O torneio contou com 24 clubes, das quais 3 do pais vizinho, num total de 105 equipas, envolvendo 150 treinadores e 1260 jovens dos 6 aos 12 anos.


Formação: SUB 14/18

Durante o passado fim de semana as equipas de sub 14 e sub 18 do RCE participaram num torneio de seven’s organizado pela Sports Ventures, na Tapada da Ajuda.

Durante dois dias os jovens elvenses disputaram jogos de rugby de 7 com algumas das melhores equipas nacionais e algumas estrangeiras.

Nuno Carvalho

Sub 16 e Sub 18 @Lisboa #4março2018

O RC Elvas deslocou-se no passado domingo a Lisboa para disputar 2 jogos do campeonato nacional de sub 16 e sub 18, grupo B.

SUB 16: CDUL B – 15 x RC ELVAS – 35

Os sub 16 deslocaram-se ao Estádio universitário para defrontar o CDUL B.

Jogo debaixo de uma grande intempérie, em que a equipa elvense realizou uma 1.ª parte muito boa, chegando ao intervalo a vencer por uma vantagem confortável.

Na 2.ª parte a equipa ressentiu-se do campo pesado, e permitiu que a equipa da casa reduzisse o marcador até ao 15-35 final.


SUB 18: S. Miguel – 39 x RC ELVAS – 12

Os sub 18 defrontaram o S. Miguel, também de Lisboa, e tal como sucedera com os sub 16 realizaram uma boa 1.ª parte, indo para o intervalo a perder apenas por 1 ensaio, num jogo bastante equilibrado.

Foto arquivo

Também os sub 18 se vieram abaixo na 2.ª parte, tendo perdido por 39-12, no entanto deixaram uma boa imagem, e indicações que, com mais trabalho, facilmente conseguem outros resultados.

Nuno Carvalho