RC ELVAS – 37 x AEESAC – 18 @Meias-finais do campeonato sénior CN3

O RC Elvas recebeu, este domingo, a Agrária de Coimbra (AEESAC) na 1.ª mão das meias-finais do CN3.

Com muito público nas bancadas a apoiar a equipa elvense, o RCE conseguiu uma importante vitória que dá, para já, alguma vantagem na eliminatória à equipa elvense.

Primeira parte com algum equilíbrio, como ilustra o resultado ao intervalo (10-8).

Entrou melhor a equipa visitante que, através do seu pack avançado e a favor do vento, se instalou nos 22 m elvenses durante largos minutos.

No entanto, a equipa elvense defendeu bem e apenas cedeu 3 pontos através de 1 penalidade.

Cerca dos 15 m, o RCE tomou conta do jogo e, através de rápidas jogadas das linhas atrasadas, apoiadas pelos avançados que frequentemente se incorporavam e criavam desequilíbrios na defesa adversária, a equipa elvense deu a volta ao marcador através de 2 ensaios, tirados a papel químico, onde a bola percorreu o campo de um lado ao outro, colocando o resultado em 10-3.

Nesta fase a equipa elvense controlava por completo o jogo e não fossem alguns erros de manuseamento de bola e mais 1 ou 2 ensaios teriam sido obtidos.

No entanto, e quando o RCE melhor estava no jogo, uma perda de bola permitiu uma rápida jogada da equipa visitante que obteve 1 ensaio e colocou o resultado em 10-8.

A 2.ª parte começou da melhor maneira para o RCE, que numa rápida jogada obteve mais um ensaio através do ponta da equipa da casa fazendo o 15-8.

A equipa de Coimbra reagiu e conseguiu empatar o jogo através de 1 ensaio transformado.

A partir dos 15/20m o RCE voltou a tomar conta do jogo fazendo um parcial de 22-3, através de 4 ensaios, colocando o 37-18 final.

Nesta fase a equipa elvense impunha-se, tanto através do pack avançado, como das linhas atrasadas. Este esforço culminou em 2 ensaios da linha avançada e outros 2 das linhas atrasadas.

Vitória importante do RCE que que se desloca no próximo sábado a Coimbra para disputar a 2ª mão, com uma vantagem de 19 pontos.

Nuno Carvalho